Crianças e tecnologia: como agir?

Você tem a ligeira impressão que seu filho sabe usar o celular, tablet, notebook, controle remoto melhor que você ? Como controlar o acesso dele a tecnologia é uma dúvida na sua cabeça?  Veja algumas dicas de como lidar com essa situação.

Há estimativas que um pouco mais de 23 milhões de crianças e jovens entre  9 e 17 anos estão conectados há internet e 83% destes possuem um celular próprio, a pesquisa foi realizada pelo CGI e Cetic.br.  Veja o que especialistas aconselham ou não:

 

Menino Celular

 

O que fazer: 

– Crianças de 6 a 12 anos devem ter o acesso a aparelhos eletrônicos limitados, com duas horas no máximo e com intervalos.

– Esteja perto da criança enquanto ele estiver navegando na internet

– Colocar regras para o uso dos aparelhos e conversar sobre estas com os pequenos é um caminho.

O que não fazer: 

– Usar o celular, tablet, vídeo game para distrair a criança não é a melhor opção.

– Deixar seu filho até altas horas na internet não é recomendável, pois poderá interferir no sono dele.

–  Para os menores de dois anos, contato com tecnologia deve ser evitado. Nesta idade o desenvolvimento de habilidades motoras e socioemocionais, entre outras, são o foco principal.

Matéria referencia: Revista Pais e filhos edição 564, Março 2017